... may our thoughts never be against our feelings...

quarta-feira, março 23, 2005

Desejo...

... uma Páscoa feliz a todos os que por aqui passam e também aos que não passam por aqui.
sentido por Ninagasol às 11:25 da tarde | |

Madrugada


Foi naquela madrugada

Em que fomos pouco
Fomos muito e fomos nada
Em que o cheiro da maresia
Nos trouxe um tom prateado
Dum imenso luar
Em que apenas emoções se sentiam
Naquele desejo tão desejado
Naquela troca de tocar
Onde os olhos não mentiam
Nem o calor dum respirar
Foi um pedaço de vida
Foi a vida condensada
Em que fomos tudo
Fomos demais e fomos nada
Foi naquela madrugada

23 Março 2005
Nina
sentido por Ninagasol às 1:37 da tarde | |

segunda-feira, março 21, 2005

Começar de novo

"Começar de novo
E contar comigo
Vai valer a pena
Ter amanhecido
Ter me rebelado
Ter me debatido
Ter me machucado
Ter sobrevivido
Ter virado a mesa
Ter me conhecido
Ter virado o barco
Ter me socorrido
Começar de novo
E contar comigo
Vai valer a pena
Ter amanhecido
Sem as tuas garras
Sempre tão seguras
Sem o teu fantasma
Sem tua moldura
Sem tuas escoras
Sem o teu domínio
Sem tuas esporas
Sem o teu fascínio
Começar de novo
E contar comigo
Vai valer a pena
Já ter te esquecido
Começar de novo"
(Ivan Lins)
sentido por Ninagasol às 11:39 da tarde | |

sexta-feira, março 18, 2005

My cup is empty

Sinto os olhos a fecharem
Um esforço enorme de contenção
Todos os músculos se contraem
Com força fecho a mão.
Procuro em pensamentos vários
Algo que afugente a lágrima
Procuro nos teus lábios
Algo que me faça mudar de página.

Um texto, dois textos
Todos saem iguais
Todos são pretextos
Para que me esconda dos demais.
Não quero que “me vivam”,
Não pretendo compreensão.
Não quero que “me morram”,
Sei que terei de ser eu a dizer não.

E a música ouve-se lá ao fundo...

“Brother, my cup is empty
And I haven't got a penny
For to buy no more whiskey
I have to go home

I am the captain of my pain
Tis the bit, the bridle,
The trashing cane
The stirrup, the harness
The whipping mane
The pickled eye
The shrinking brain
O brother, buy me one more drink
I'll explain the nature of my pain
Yes, let me tell you once again
I am the captain of my pain…”
sentido por I Am No One às 10:59 da manhã | |

Magia mágica

Foi num gesto de mágica

Em que as horas falaram caladas

Onde as mãos beijaram a pele

Em que o olhar teve cheiro

Onde a saliva falou

E onde se respirou, penetrando a cor

Foi um momento de vida feito magia

Foi somente um acto de amor.

18 Março 2005
Nina

sentido por Ninagasol às 4:07 da manhã | |

quarta-feira, março 16, 2005

Desabafo...

Adoro a minha caneta... ela consegue riscar coisas que não lembram ao diabo... Acho, inclusivé, que ela tem uma personalidade própria...
sentido por I Am No One às 2:31 da tarde | |

Tempo


"O tempo é muito lento para os que esperam,

muito rápido para os que têm medo,
muito longo para os que lamentam,
muito curto para os que festejam.
Mas, para os que amam, o tempo é eternidade."
(William Shakespeare)

Doi-me a eternidade de te esperar...

sentido por Ninagasol às 1:53 da tarde | |

segunda-feira, março 14, 2005

Lágrimas do céu


O barulho da chuva

A cair irremediavelmente
Nas pedras da vida
Lembra o murmúrio
Das vozes escondidas
De todos nós
É no silêncio da chuva
Que aumenta cada vez mais
Como se nos estivesse
A agredir moralmente
Que a solidão reaparece
Só e calma
Silenciosa
A chuva reproduz-se
Mais e mais
Caindo sobre nós
Com uma atitude superior
Nada se ouve, nada se vê
Senão pingos e gotas
Cintilantes e barulhentos
A vida fica molhada
A vontade de viver
Fica encharcada
Eu aqui
E a chuva ali
Duas coisas que se confundem
Nesta vida imaginada...

Março 2005
Nina
sentido por Ninagasol às 12:37 da manhã | |

terça-feira, março 08, 2005

A lua diz no céu o que o sol não sabe dizer : “Nem sempre quem anda à noite não quer ver”
sentido por I Am No One às 11:28 da manhã | |

domingo, março 06, 2005

Era uma vez


Era uma vez…
… Uma princesa
Que tinha uma vida de princesa
Como qualquer outra princesa
Apenas um sonho diferente
De cada vez que sonhava
Queria ser apenas uma menina
Com sonhos cor de rosa.
Esta princesa sonhava
Em ser esta menina
Que apenas sonhasse ser em sonhos
Uma simples princesa.
… Era uma vez

1 Março 2005
Nina
sentido por Ninagasol às 3:07 da tarde | |

quarta-feira, março 02, 2005

Todo o tempo do mundo



Criámos o tempo
Para nos facilitar?
Mas esquecemo-nos
Que ao fazê-lo
Surgiram algemas
Que colocamos a nós próprios
Para ajudar?
E corremos por minutos
O que esquecemos em horas
Para lamentamos por dias
E chorar por semanas
O que perdemos em meses
Para vivermos uns anos…
… de tempo, apenas.

Mas deixámos de sentir o sabor
Do que é o amor
E que ele é intemporal.
- Não tenho tempo, desculpa.
- Tudo bem, não faz mal…

E o amarmos os outros esvai-se a cada segundo que passa!

2 Março 2005
Nina
sentido por Ninagasol às 11:47 da tarde | |